BR235/BA

Quarta, 15 Abril 2015 17:47

Programa de Arqueologia

Avalie este item
(2 votos)

Elaboração de Programa Arqueológico, com Diagnóstico, Prospecção e Levantamento do Patrimônio Histórico e Cultural


No Brasil, os sítios arqueológicos são considerados bens da União, de acordo com o Art. 20, inciso XX, da Constituição Federal, assim como são protegidos pela Lei nº 3.294/61, que obriga a realização de levantamento e medidas de salvaguarda antes de qualquer obra ser iniciada e que possa vir a danificá-las. Desta forma, a Elaboração de Programa Arqueológico, com Diagnóstico, Prospecção e Levantamento do Patrimônio Histórico Cultural é parte inicial do Programa de Arqueologia que buscará junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), anuência para a execução das atividades de Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial.

 

Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial


Acompanhar e avaliar os possíveis impactos ao patrimônio arqueológico, oriundos das atividades executadas na implantação e pavimentação da rodovia. Deve-se atentar às atividades de supressão de vegetação, terraplanagem, implantação de canteiros de obras, drenagens, áreas de empréstimo, ou qualquer outra movimentação de terra necessária à viabilização do empreendimento. As ações de Educação Patrimonial, apresentam-se como possibilidade de reconstituição do período pré-histórico, da identidade, participação, democracia e cidadania, possibilitando a construção do conhecimento científico. Serão elaborados materiais didáticos adequados à cada público, palestras e oficinas lúdico-pedagógicas, tendo como público-alvo os funcionários envolvidos com as obras do empreendimento, as comunidades escolas lindeiras (alunos, pais e professores) e a comunidade científica em geral.

 

arqueologia

Lido 624 vezes Última modificação em Quinta, 16 Abril 2015 17:40