BR235/BA

Sexta, 07 Abril 2017 11:28

Obra no Lote 5 da BR-235/BA irá facilitar acesso à Juazeiro

Avalie este item
(3 votos)
Obra no Lote 5 da BR-235/BA irá facilitar acesso à Juazeiro Gestão Ambiental da BR-235/BA

O empreendimento do DNIT segue com atividades a todo vapor neste trecho.

 

A obra no Lote 5 da BR-235/BA segue a todo vapor. O trecho tem 75,40 km entre Pinhões e Juazeiro, porém já conta com cerca de 50 km asfaltados e com sinalizações vertical e horizontal definitivas. O empreendimento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) facilitará no transporte de cargas e pessoas para Juazeiro, economizando no tempo de viagem.

Atualmente, homens trabalham na ponte do riacho Torão, próximo ao bairro Primavera, em Juazeiro, onde já começou o serviço de imprimação – que é a capa selante de preparação para o asfalto. Antes desta aplicação, a pista que dá acesso a ponte passou pelos processos de base e sub-base, que são camadas de estabilização da via.

 

O Consórcio SVC/Paviservice também trabalha nos 4 km sem asfalto na altura da Agrovale. Neste trecho estão sendo implantados bueiros, além da execução do serviço de terraplanagem já nos quilômetros finais. O motorista, ao passar pelo local, deve reduzir a velocidade, além de ficar atento à sinalização.

 

Para Igor Andrade, supervisor ambiental da BR-235/BA, já pode-se dizer que houve um aumento no número de transporte de carga na rodovia. “Ao percorrer este Lote, percebemos um incremento significativo no número de veículos, especialmente caminhões. Com a finalização do Lote 5 essa movimentação deve aumentar ainda mais, o que na prática estimula a economia local, já que a região é considerada um polo do Vale do São Francisco”, finaliza.

 

A construtora também realiza o plantio de mudas nativas no intuito de recuperar as áreas exploradas pela obra. A Implantação e Pavimentação da BR-235/BA tem o acompanhamento da equipe da Universidade Federal de Viçosa (UFV), responsável pela Gestão Ambiental do empreendimento, abrangendo a Supervisão e Gerenciamento Ambiental e a Execução dos Programas Ambientais – conforme o Termo de Cooperação, firmado com o DNIT.

Lido 982 vezes