BR235/BA

Quarta, 01 Agosto 2018 16:23

Caminhada marcará programação de luta contra violência à mulher em Jeremoabo

Avalie este item
(2 votos)

A iniciativa é da Gestão Ambiental da BR-235/BA. 

 


A cada 7.2 segundos uma mulher brasileira é vítima de violência física, de acordo com dados do Instituto Maria da Penha. Só em 2013, no Brasil, 13 mulheres morreram todos os dias vítimas de feminicídio - assassinato em função de seu gênero. Cerca de 30% foram mortas por parceiro ou ex, segundo dados do Mapa da Violência 2015. Preocupados com estes números, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Gestão Ambiental da BR-235/BA, lançou o Programa de Amparo à Mulher Agredida (AMA). 


O Programa AMA foi lançado no dia 23 de julho, na Câmara de Vereadores de Jeremoabo. Estavam presentes gestores públicos e a sociedade civil, que lotaram o plenário da Casa. O lançamento foi feito com a palestra "Violência contra a Mulher - Abusos Sexuais na Infância", ministrada pela psicóloga Joana Alves, que ressaltou as formas de identificação do abuso e acolhimento das vítimas.


No dia 8 de agosto, na cidade de Jeremoabo, uma caminhada marcará a programação. A iniciativa, que conta com apoio da Prefeitura Municipal do município, está marcada para começar às 08h, com partida do entroncamento das BRs 110 e 235 até a Praça do Forró, no centro da cidade.. A violência contra a mulher também será temas de outras atividades dos Programas de Educação Ambiental e Comunicação Social, ambos responsáveis pela execução da programação na área de influência da obra dos Lotes 1, 2 e 5 da BR-235/BA. Além da caminhada, serão realizadas, por exemplo, palestras para alunos de escolas municipais de Jeremoabo, Pedro Alexandre e Juazeiro.


“Teremos atividades para todos os públicos. Além das atividades escolares e atos públicos, realizaremos o Cine Catarina, evento que monta estrutura de cinema público em povoados localizados às margens da rodovia. O nosso principal objetivo é buscar apoio para criar o Conselho da Mulher, que irá reforçar toda a rede de apoio à mulher e acompanhar a aplicação das medidas concretas de combate ao problema”, ressalta Susi Mota, agente do Programa de Educação Ambiental da BR-235/BA.


Algumas das medidas sugeridas pelo Programa AMA são a criação do Conselho da Mulher, do canal de denúncias exclusivo contra abuso ou violência contra a mulher, a implantação de núcleos de identificação de abusos e violência doméstica nas escolas, além da construção da casa de acolhimento da mulher agredida.


Para acompanhar as atividades do Programa AMA, basta seguir a BR-235/BA no Facebook (https://www.facebook.com/br235ba/) e Instagram (@br235ba). Informações podem ser adquiridas também por meio da Ouvidoria da rodovia: 0800 642 0235 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..


A obra de Implantação e Pavimentação da BR-235/BA tem o acompanhamento da equipe da Universidade Federal de Viçosa (UFV), responsável pela Gestão Ambiental do empreendimento, abrangendo a Supervisão e Gerenciamento Ambiental e a Execução dos Programas Ambientais – conforme o Termo de Cooperação, firmado com o DNIT.

Lido 69 vezes Última modificação em Quarta, 01 Agosto 2018 16:27